18041857 fragte in Ciências SociaisPsicologia · vor 7 Jahren

A fé pode ajudar uma pessoa doente a se recuperar e até mesmo se curar?

Você acha que entre pessoas doentes, as que tem fé em Deus tem mais chances de cura que as outras que não tem religião alguma? Deus faz essa separação ou são as pessoas que escolhem?

3 Antworten

Bewertung
  • Lua
    Lv 6
    vor 7 Jahren
    Beste Antwort

    Olá

    Depende onde se aplica esta fé. Ter fé significa neste sentido, acreditar, ter perseverança e buscar um objetivo. Ter fé no tratamento, acreditar que vai conseguir sair da situação desagradável é extremamente válido. Muitas pessoas perdem a vontade de viver, ficam tristes, depressivas e abaladas psicologicamente perante à uma doença grave. Aquela motivação constrói uma barreira forte, e da forças para qualquer pessoa. E pode até ser que a fé em algum deus a ajude, pois esta amplia a motivação. Esta fé é válida, e pode ocorrer em crentes ou descrentes.

    Desculpe a franqueza e não me interprete mal, mas nenhum deus ajuda alguém. A fé (não necessariamente em um deus) serve para alimentar um ego, aumentar a auto-estima. Crer que um deus vai salvar e se tornar forte com isto pode até ocorrer, mas tudo depende do tratamento. Deuses não curam ninguém.

    Abraço, espero que tenha lhe esclarecido.

  • vor 7 Jahren

    A fé junto com o tratamento adequado ( sem ele não adianta) pode ajudar sim. E olha que sou ateu.

    Mas mesmo um ateu pode ter fé numa cura bem envolver divindades também.

    Sobre a segunda parte da sua pergunta, por eu ser ateu minha resposta será óbvia. A diferença está nas pessoas mesmo. O importante é não se entregar. Tem certos tratamentos que independem da mente da pessoa e outros que pode melhorar ou piorar dependendo do estado emocional da pessoa, não há nada místico ou milagroso nisso. É explicável fisicamente pois o cérebro ainda comanda muitas funções do corpo tanto inconscientemente como conscientemente.

    Lembrando que tem que ter o tratamento adequando.

  • vor 7 Jahren

    Sim, pode. Pesquisas realizadas neste sentido apontam que quem tem religião tem maior recuperação do que aquele que não possui. A religião atua como um medicamento placebo, e, sim pode ajudar.

Haben Sie noch Fragen? Jetzt beantworten lassen.