Na hora da transa sexual é importante mostrar segurança ?

O que vc acha do parceiro ( a ) que na hora dos finalmente não ter iniciativa, principalmente na primeira vez que forem para cama ?

6 Antworten

Bewertung
  • vor 1 Jahrzehnt
    Beste Antwort

    eu acharia muito chato. Pensaria q ele não gostou de mim, q não sou atrente. Vestiria a roupa e iria embora.

  • Anonym
    vor 1 Jahrzehnt

    Uma droga. Não tem coisa mais broxante do que uma mulher que, na hora H, faz o estilo "MORRI".

  • vor 1 Jahrzehnt

    Ñ só acho importante...como acho essencial um homem q sabe onde pegar e and pegar...sabe o q fazer na hora do sexo!

    Assim na primeira vez, se o cara for virgem é até perdoável...mas se n for n é justificativa n...homem tem q saber como proceder!

    ;)

  • vor 1 Jahrzehnt

    Penso que os dois devem estar bem relachados e claro deve haver um preparo,,,nada de precipitação afinal a primeira impressão é que fica né rsrs

  • Wie finden Sie die Antworten? Melden Sie sich an, um über die Antwort abzustimmen.
  • vor 1 Jahrzehnt

    . O amor verdadeiro é um sentimento espontâneo estruturado na razão, não na emoção, porque é baseado no conhecimento. Não é compulsivo, ou seja, amamos porque queremos amar não um sentimento que nos domina onde não temos liberdade de escolha, não importando quão belo achamos. Em outras palavras, como uma droga que vicia nos escravizando, e apesar de dar muito prazer cobra um preço muito alto. Também não é egoísta buscando seu próprio interesse, ou seja, querendo ser feliz ao lado da pessoa que ama, mas não importando se ela será feliz do seu lado, ou tentando implantar sua personalidade nela sem levar em conta a dela. Não espera receber nada em troca e assim não fica cobrando o que acha que tem direito. Sente feliz com a felicidade da pessoa que ama. Não se gaba por ficar dizendo ou mostrando que o amor que tem por ela (e) é maior que o amor que outros amam. Não se alegra com a injustiça, por apoiar quando a pessoa que ama age erroneamente, mas sim tenta ver a motivação que a levou ao erro, para ver de que forma pode ajudá-la. Nem se ira faltando com respeito dizendo palavras ofensivas. Alegra-se com a verdade, procurando sempre maneiras de dar elogios se concentrando em seu lado positivo destacando suas virtudes, nunca, nem por brincadeira focaliza seus defeitos. Também não leva em conta o dano, por só focalizar no seu prejuízo sem levar em conta o prejuízo dela. (e) Acredita em todas as coisas positivas com relação a quem ama não deixando margem para o ciúme, que é egoísta, se instalar e transpõe todos os obstáculos que interferem no relacionamento, zelando é claro de seu bem estar sem sufocá-la. (o) Apesar de ser algo tão raro, isso o valoriza, porque o amor verdadeiro sempre cumpre seu objetivo. Vale mais que um tesouro! Nada a ver com a paixão cega, tão comum, que escraviza quem a tem como droga que vicia cobrando um preço bem alto pelo prazer concedido. As novelas, as músicas, filmes se destacam em passar uma imagem desse amor falso confundindo com o verdadeiro. Só porque é um sentimento que nos dá prazer e que nos domina, que nos controla, não quer dizer que é amor verdadeiro! Para sabermos lidar com essa paixão cega é importante saber de sua origem, ou sua raiz. Para isso precisamos recorrer ao manual de instruções de nosso fabricante (criador). Note o que o deus desse mundo disse logo após o primeiro pecado: "À mulher ele disse: “Aumentarei grandemente a dor da tua gravidez; em dores de parto darás à luz filhos, e terás desejo ardente de teu esposo, e ele te dominará" Quando ele disse que terás "desejo ardente", era algo inventado por ele, porque ele visava colocar os anjos contra Deus mais a frente. O relato mostra que ele conseguiu: “Ora, sucedeu que, quando os homens principiaram a aumentar em número na superfície do solo e lhes nasceram filhas, então os filhos do verdadeiro Deus (anjos) começaram a notar as filhas dos homens, que elas eram bem-parecidas; e foram tomar para si esposas, a saber, todas as que escolheram. “Naqueles dias veio a haver os nefilins (gigantes) na terra, e também depois, quando os filhos do verdadeiro Deus (anjos) continuaram a ter relações com as filhas dos homens e elas lhes deram filhos; eles eram os poderosos da antiguidade, os homens de fama.” Eles assumiram corpos humanos para terem relações com as mulheres porque eles queriam saber como era esse “desejo ardente” inventado pelo inimigo de Deus. E com isso desobedecendo se rebelaram contra Deus. Assim para corrigir a situação na terra que ficou cheia de violência, ele destruiu o mundo daquele tempo com o dilúvio. Como esses anjos foram impedidos de se materializarem corpos humanos, hoje para matar a saudade do prazer que sentiam com aquelas belas mulheres, usam corpos de pessoas para satisfazerem seus desejos imorais. Por isso muitos casamentos são desfeitos, como também noivados, por causa da fornicação e o adultério, famílias infelizes. Também essa onda de pedofilia, homossexualismo, lesbianismo, enfim tudo está relacionado com esse "desejo ardente", que é para combater o verdadeiro amor. A diferença é que o verdadeiro amor não é algo compulsivo. De fato, um Deus amoroso não iria criar algo para nos causar sofrimento! Não confunda um desejo que é compulsivo com um que é espontâneo rjosepaulo79yahoo.com

  • vor 1 Jahrzehnt

    ATÉ ONDE EU SABIA,TODA TRANSA ERA SEXUAL.

    KKKKKKKKKKK,,QUE PERGUNTA MAIS HILÁRIA

Haben Sie noch Fragen? Jetzt beantworten lassen.