Meu pai teve um filho fora do casamento, e agora minha mae quer o Dna?ela pode solicitar judicialmente?

Meu pai teve um filho fora do casamento,minha mãe está com graves problemas psicologicos por conta disto,pora mais que ele pediu perdão e os dois não se separam,surgiu agora uma duvida,ela recebeu um telefonema informando que o filho não é de meu pai,gostaria de saber se ela pode entrar com o pedido de Dna ou somente o meu pai pode fazer isto,ou nós filhos podemos também?afinal todos fomos prejudicados com esta situação!!!!

9 Antworten

Bewertung
  • vor 1 Jahrzehnt
    Beste Antwort

    Oi, flor..

    que situação chata, né?

    Mas olha, a sua mãe não pode pedir judicialmente o exame de DNA porque ela não tem nenhum grau de parentescom com a criança...

    Seu pai pode pedir sim...

    Quanto a você e seus irmãos acredito que possam pedir no caso de setirem-se lesados... Por exemplo, se vocês tiverem que dividir uma herança irão preferir saber se ele é filho legítimo de seu pai ou não, certo?

    Procure um advogado pois ele poderá te informar todos os detalhes...

    Boa sorte... e melhoras pra sua mamãe!

    smaaaaaaaaack!

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • Liloca
    Lv 5
    vor 1 Jahrzehnt

    Eu já acho que é só seu pai quem pode pedir, isso se a mãe da criança pedir pensão a ele ou querer que ele reconheça a criança como filho.

    Agora, você tem que entender, que se for de seu pai, a criança não tem culpa, meu pai tem filho fora do casamento, reconheço como irmão e quando vejo trato muito bem, como irmão. Não é fim de mundo.

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • vor 1 Jahrzehnt

    Sua mãe não pode intervir nesse caso se o seu pai quiser ele pode querer ter certeza se o filho é dele ou não, se for ele terá todos os direitos de um filho e isso é lei.Ele é herdeiro dos bens dele (se tiver) como vc e seu(s) irmão(s);E a criança não tem culpa de nada, se o seu pai pulou a cerca e desse fato gerou um filho agora é conviver com isso por toda a vida, e tem mais se a sua mãe ainda transa com ele (coisa q eu duvido muito mas cada um é cada um), fale p ela usar camisinha p não pegar doença, pq ele teve um filho e as outras traições q ela nem ficou sabendo, sua mãe tem q fazer uns exames de sangue.E outra coisa mesmo q o filho não seja dele, ele traiu a sua mãe fale p ele não ser boba e levantar a cabeça.Boa sorte!!

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • Anonym
    vor 1 Jahrzehnt

    Paulinha acredito que sua mãe não possa pedir a não ser que teu pai fosse falecido ai sim vcs poderiam .

    Querida seria bom ter uma conversa amigável com a ele a respeito do assunto dizer que até pra ele assumir com tranqüilidade e sem desconfianças a paternidade seria bom ele fazer o exame de DNA só assim param os diz que diz que .

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • Wie finden Sie die Antworten? Melden Sie sich an, um über die Antwort abzustimmen.
  • vor 1 Jahrzehnt

    A penas o seu PAI e a mãe do garoto tem esse direito, sua mae não tem nada aver !!!

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • Anonym
    vor 1 Jahrzehnt

    Somente seu pai a a mãe do garoto pode fazer este pedido judicialmente.

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • vor 1 Jahrzehnt

    acredito que qualquer um possa entrar sim com o pedido...

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • Anonym
    vor 1 Jahrzehnt

    O estrago da traição com ou sem DNA vai continuar. Para efeitos de herança em caso de morte faz toda a diferença. A sua mãe pode pedir sim o teste para exclusão de paternidade, a exemplo do que fez o pai do Airton Senna - e que deu negativo.

    O ideal é, contudo, que o seu pai peça. Quem pede paga.

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
  • vor 1 Jahrzehnt

    Paulinha

    Não vejo prejuizo para a sua parte, mas somente pai e filho tem o direito de exirgir a comprovação via DNA judicialmente. Se O pai reconheceu como filho, registrou, dificilmente há reversão, mesmo não sendo filho de sangue.

    Muito melhor para você e sua mãe aceitar e conviver com a situação, acredite, há problemas muito maiores nesta vida, ter um irmão (mais um?) pode ter aspectos bons, tenha-o como uma amigo, do seu lado.

    Se seu pai reconhecer a criança como filho em vida, depois que ele morrer não ha como reverter, mesmo se conseguir um DNA negativo, pai é quem cria/registra.

    by by

    • Commenter avatarAnmelden, um etwas auf Antworten zu erwidern
Haben Sie noch Fragen? Jetzt beantworten lassen.