Lv 622.981 points

morango

Favorisierte Antworten18%
Antworten4.792

Sou um cidadão de meia idade, espírita, otimista, pai, marido, feliz gosto de meus livros, meus discos, meus amigos

  • Será que Jesus é Deus?

    Jesus encarnou para nos ensinar que devemos amar ao próximo, nos ensinar a mais perfeita moral até hoje construida. Se o fizesse como Espírito, nós não aprenderíamos, pois seria de uma natureza diferente da nossa, como encarnados e desconhecedores até então, do mundo espiritual. Naquele instante, a raça humana ainda não conhecia o espírito. Como ser humano, demonstrou que podemos ser como ele, do contrário, de que serviria ter encarnado como homem? Apenas para nos humilhar e mostrar como somos maus, pobres? Para mostrar poderes de super-homem e mostrar o poder de Deus em espetáculos sobrenaturais? Não acredito nisto, ao contrário, como ele mesmo disse, poderemos ser como ele, e fazer coisas até maiores, mas antes temos que trilhar nossos caminhos. A cada um segundo as suas obras.

    10 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 7 Jahren
  • Reflexão sobre Paulo , Romanos, 14:12, O que você acha?

    "...de maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus"

    9 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 7 Jahren
  • Vamos fazer políticos trabalharem pra nós?

    Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo.

    Lei de Reforma do Congresso de 2011 (emenda à Constituição) PEC de iniciativa popular: Lei de Reforma do Congresso (proposta de emenda à Constituição Federal)

    1. O congressista será assalariado somente durante o mandato. Não haverá 'aposentadoria por tempo de parlamentar', mas contará o prazo de mandato exercido para agregar ao seu tempo de serviço junto ao INSS referente à sua profissão civil.

    2. O Congresso (congressistas e funcionários) contribui para o INSS. Toda a contribuição (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. Os senhores Congressistas participarão dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

    3. Os senhores congressistas e assessores devem pagar seus planos de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

    4. Aos Congressistas fica vetado aumentar seus próprios salários e gratificações fora dos padrões do crescimento de salários da população em geral, no mesmo período.

    5. O Congresso e seus agregados perdem seus atuais seguros de saúde pagos pelos contribuintes e passam a participar do mesmo sistema de saúde do povo brasileiro.

    6. O Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impõe ao povo brasileiro, sem qualquer imunidade que não aquela referente à total liberdade de expressão quando na tribuna do Congresso.

    7. Exercer um mandato no Congresso é uma honra, um privilégio e uma responsabilidade, não um uma carreira. Parlamentares não devem servir em mais de duas legislaturas consecutivas.

    8. É vetada a atividade de lobista ou de 'consultor' quando o objeto tiver qualquer laço com a causa pública.

    "Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem. A hora para esta PEC - Proposta de Emenda Constitucional - é AGORA.

    É ASSIM QUE VOCÊ PODE CONSERTAR O CONGRESSO.

    Se você concorda com o exposto, REPASSE. Caso contrário, basta apagar e dormir sossegado.

    Por favor, mantenha esta mensagem CIRCULANDO para que possamos ajudar a reformar o Brasil.

    NÃO SEJA ACOMODADO. NÃO ADIANTA SÓ RECLAMAR.NÃO CUSTA NADA REPASSAR.

    12 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 7 Jahren
  • Hipótese para reflexão?

    Num universo de 1000 pessoas variando a idade de 01 a 80 anos, se lançarmos um véu sobre o passado e imaginarmos todos criados naquele instante, como explicar a diferença de tamanhos, de conhecimento, de saúde. Qual seria a sua explicação?

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Hebreus 11:35 As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; Religiosos, como entendem esta passagem?

    Epístola de Paulo aos Hebreus 11:35 As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;

    10 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Ateus e religiosos, quais são seus argumentos racionais e lógicos contra o espiritismo?

    Quem refuta o espiritismo apenas por não crer, ou por crer em outra coisa, que apresente argumentos fundamentados pra explicar os fenômenos que caem na vala comum do sobrenatural, na parapsicologia

    24 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Espíritas, quais as discrepâncias entre a ciência e a Biblia?

    A pergunta é dirigida à espiritas, mas qualquer outra opinião será levada em conta.

    O objetivo da pergunta é elucidar o que a ciência já provou estar a biblia em flagrante erro, sendo seu texto completamente discordante da ciência

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Católicos e evangélicos, qual a solução do problema (4)?

    Onde está a justiça da miséria e das enfermidades de nascimento, uma vez que não são resultado de nenhum ato da vida presente?

    20 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Católicos e evangélicos, qual a solução para este problema (3)?

    Qual é a sorte dos cretinos e dos idiotas (doentes mentais), que não têm consciência de seus atos?

    24 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Católicos e evangélicos, vocês tem a resposta para o problema?

    De onde vêm as disposições inatas, intelectuais e morais, que fazem com que os homens nasçam bons ou maus, inteligentes ou idiotas?

    19 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Esta pergunta foi deletada, O Deísmo é uma alternativa para humanidade, você é deísta?

    O deísmo compreende duas categorias bem distintas de crentes: os deístas independentes e os deístas providenciais.

    Os deístas independentes crêem em Deus; admitem todos os seus atributos como criador. Deus, dizem eles, estabeleceu as leis gerais que regem o Universo, mas essas leis, uma vez criadas, funcionam sozinhas, e seu autor não se ocupa mais de nada. As criaturas fazem o que querem ou o que podem, sem que com isso se inquietem. Não há, providência; Deus, não se ocupando conosco, nada há a agradecer-lhe, nem a pedir-lhe.

    Aqueles que negam toda intervenção da providência na vida do homem são como crianças que se crêem bastante razoáveis para se livrarem da tutela, dos conselhos e da proteção de seus pais, ou que pensariam que seus pais não devem mais se ocupar delas, desde que as colocou no mundo.

    Sob o pretexto de glorificar a Deus, muito grande, dizem, para se abaixar até as suas criaturas, fazem dele um grande egoísta e o abaixam ao nível dos animais que abandonam seus progenitores aos elementos.

    Esta crença é resultado do orgulho; é sempre o pensamento de estar submetido a uma força superior que melindra o amor-próprio e da qual procura libertar-se. Ao passo que uns recusam absolutamente essa força, outros consentem em reconhecer a sua existência, mas a condenam à nulidade.

    Há uma diferença essencial entre o deísta independente dos quais acabamos de falar, e o deísta providencial; este último, com efeito, crê não só na existência e no poder criador de Deus, na origem das coisas; crê ainda em sua intervenção incessante na criação e a pede, mas não admite o culto exterior e o dogmatismo atual.

    5 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Você concorda que é disto que trata a Doutrina Panteísta?

    O princípio inteligente ou alma, independente da matéria, no nascimento é haurido do todo universal; se individualiza em cada ser durante a vida, e, na morte, retorna à massa comum, como as gotas de chuva no Oceano.

    Conseqüências. Sem individualidade, e sem consciência de si mesmo, o ser é como se não existisse; as conseqüências morais desta doutrina são exatamente as mesmas que as da doutrina materialista.

    Nota. Um certo número de panteístas admite que a alma, haurida no nascimento no todo universal, conserva a sua individualidade durante um tempo indefinido, e que ela não retorna à massa senão depois de ter chegado ao último grau da perfeição. As conseqüências desta variedade de crença são absolutamente as mesmas que as da doutrina panteísta propriamente dita, porque é perfeitamente inútil se dar ao trabalho para adquirir alguns conhecimentos, dos quais deve perder a consciência aniquilando-se depois de um tempo relativamente curto; se a alma , geralmente, se recusa a admitir semelhante concepção, quanto deveria ela estar mais penosamente afetada, pensando que, no instante em que atingisse o conhecimento e a perfeição supremas, seria aquele em que seria condenada a perder o fruto de seus labores, perdendo a sua individualidade

    8 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • .................................Viva Feliz!?

    Aprende com as lições da vida, mas, principalmente, com as tuas próprias experiências, confiando menos nos cantos de sereias, que seduzem arrastando para os abismos. Se o ébrio deseja liberar-se do alcoolismo, encontra com mais facilidade quem lhe sirva um novo trago, ao invés de quem lhe dê um pão. Se o fumante quer abandonar o tabagismo, a ironia dos amigos tenta ridiculariza-lo, insistindo com ele para que continue envenenando-se. Se o toxicômano faz esforço para deixar a droga, o traficante ameaça-o e chantageia-o. Se o delinqüente de qualquer matiz intenta a reabilitação, enxameiam ao seu lado os que conspiram contra o seu esforço. Tem, pois, cuidado, e mantém-te sadio, física e moralmente.

    Joanna de Ângelis/Divaldo Franco

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Fundamentos do Materialismo, você concorda?

    Dê sua opinião

    A inteligência do homem é uma propriedade da matéria; nasce e morre com o organismo. O homem não é nada antes, nada depois da vida corpórea.

    Conseqüências. O homem, não sendo senão matéria, não há de real e de invejável senão os gozos materiais; as afeições morais não têm futuro; os laços morais são quebrados sem retorno na morte; as misérias da vida são sem compensação; o suicídio torna-se o fim racional e lógico da existência, quando os sofrimentos são sem esperança de melhora; é inútil se impor um constrangimento para vencer os seus maus pendores; viver para si o melhor possível, enquanto estiver aqui; a estupidez de se incomodar e de sacrificar seu repouso, seu bem-estar, por outrem, quer dizer, por seres que serão aniquilados, a seu turno, e que jamais tornarão a ser vistos; deveres sociais sem base, o bem e o mal são coisas de convenção; o freio social é reduzido ao poder material da lei civil.

    8 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Mães, vocês acham justo este sistema?

    Naturalmente as mães que aqui respondem, em sua grande maioria não passam, ou passarão por este problema, mas creio que podem se colocar no lugar de quem passa. Imagine que seu filho(a), por vicissitudes da vida, tornou-se uma pessoa má, cheia de defeitos morais, extremamente comprometida, e devido a algum problema de saúde, ou violência, abreviou sua permanência entre nós, morrendo (materialmente) sem poder se reajustar. Segundo alguns sistemas será condenado ao inferno eternamente, e você, que leva uma vida regrada, seguindo fielmente sua religião, será guindada ao céu, onde será feliz eternamente, então diga-me, você será realmente feliz? Como sua felicidade será completa, sabendo que seu amado filho(a) estará sofrendo eternamente?

    A hipótese que ele está sofrendo porque mereceu, embora pareça ser justa, é consoladora, você não o perdoaria? Se você o perdoaria, como entender que Deus não o perdoa, embora ele(a) talvez não mereça? Se Deus o perdoar, estará sendo justo com as vítimas dele(a), como ficarão os parentes destes? Não lhes parece falho este sistema?

    9 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren