Lv 614.515 points

Messias

Favorisierte Antworten45%
Antworten1.617

Deus e eu a sós no espaço... ninguém mais à vista... “E onde estão todas as pessoas, meu Senhor”, disse eu, “a Terra sob nós e o Céu acima e os mortos de minha lista?” “Foi um sonho”, Deus sorriu e disse: “O sonho que parecia ser real; não havia pessoas vivas ou mortas; não havia Terra, e nem o Céu acima, havia apenas eu em você”. “Por que não sinto medo?”, perguntei, “encontrando-o aqui neste momento? Pois pequei, sei disso muito bem e existe céu, e inferno também, e será este o Dia do Julgamento?” “Não, eram apenas sonhos”, disse o Grande Deus, “sonhos que não existem mais. Não existe isso de medo e pecado; não existe você... nunca houve você no passado. Nada existe, senão eu”. (Ellen Wheeler Wilcox - Conversação) A Física da Alma - Amit Goswami

  • Como aplicar a curva ABC em gestão de finanças orçamentária corporativa?

    Explicando antes que sou leigo em termos acadêmicos, pergunto de acordo com meu entendimento.

    Pouco conheço da curva ABC, a não ser que se baseia na proporcionalidade, usada em diversos níveis, mais estruturais, porém quero aplicá-la no orçamento empresarial, envolvendo não apenas fluxo de caixa e logística, mas medidas pró-ativas:

    Meu planejamento inicial consiste em aplicar na Empresa um modelo corporativo, baseado em três aspectos: estrutural, dinâmico e essência.

    Estrutural: Capacidade Física, produtiva, comercial, serviços, financeira, administrativa e gerencial;

    Dinâmico: Setores auto suficientes, com capacidade de avaliação de carências e pontos positivos, trocando informações com o Conselho Geral, para tomadas de decisões evolutivas;

    Essência: Missão e Valores da Empresa, produção de qualidade e satisfação dos Clientes.

    Cronograma:

    1 – Definição de carências e virtudes dos setores;

    2 – Orçamento empresarial previsto em dois anos e definição de medidas a serem tomadas para o crescimento empresarial: Medidas quais Obtenção de Metas comerciais; Investimento; Redução de Custos e Contenções estratégicas para retomar o crescimento dentro de determinado tempo estipulado conforme planejamento.

    3 – Utilização de Software especializado (se houver) em Gestão Orçamentária. Software disponibilizando de forma simplificada vários orçamentos estipulados no item acima, uma ferramenta que proporcione varias perspectivas para Tomadas de Decisões com antecedência, tornando a Empresa proativa.

    Após estes esclarecimentos, entra a pergunta, como posso aplicar a curva ABC no orçamento? Ela se refere apenas à logística da proporcionalidade e redirecionamento conforme custo/benefício, ou há algo mais profundo, uma visão mais objetiva, de forma orçamentária influenciando em diversas extimativas.

    Indicações de leituras específicas sobre o tema, são muito bem vindas!

    Antecipando Agradecimentos,

    Um Fraterno Abraço!

    1 AntwortEmpresasvor 8 Jahren
  • São necessários formalismos para se alcançar o Reino de Deus?

    Penso que formalismos são adaptações humanas que servem de suportes às mentes necessitadas de diretrizes a seguir, das quais, dentro de determinado grau, não me excluo.

    Diretrizes formais que levam à diretrizes morais, não construídas à base de mistérios, mas de conhecimentos. Assim, desenvolvendo os pensamentos, a razão atinge os sentimentos, construindo o discernimento e a sabedoria, ampliando a capacidade de Amar.

    O estágio humano encontra-se em determinado grau, onde os pensamentos, em geral, são limitados aos sentidos da carne.

    No coletivo o avanço é lento e gradual, impulsionado periodicamente por espíritos elevados cujas mentes nos deixam uma maior compreensão sobre a natureza. Compreensão onde a realidade está além da matéria visível, entrando na zona psíquica derivada do estado sentimental, que é o elo de ligação a estados mais elevados dentro do Conjunto Divino.

    Ora, se a própria ciência já demonstrou a matéria não passar de energia condensada, além do reconhecimento de suas próprias limitações na constituição material. Além das evidências onde o psiquismo influencia diretamente no comportamento do que, usando aqui o termo ‘matéria elementar’, as partículas, reagindo de acordo com a consciência, fica claro também que de acordo com o estado salubre mental, há o reflexo ambiental.

    E sendo assim no meio material, tudo indica que em um maior grau, despido das vestimentas carnais, são os sentimentos que mais se aproximam de seu grau maior, que é o Amor, a União, também mais se aproxima da perfeição, ou, do tão falado “Reino de Deus.”

    Qual sua opinião sobre o tema?

    11 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • A ordem na constituição material é um efeito de um princípio inteligente?

    A ordem na constituição material é um efeito de um princípio inteligente?

    E como aplicar este conhecimento na vida prática?

    Dissertando um pouco,

    O bóson de higgs remete à teoria unificada, não caos, mas ordem, sendo um mínimo um caso sugestivo, senão próprias evidências de fato de um princípio inteligente regendo a constituição material, e outras evidências se encontram na física quântica, na qual a partículas reagem de acordo com ponto de vista do observador. Havendo um princípio inteligente, há, portanto, de considerar-se as manifestações materiais como efeitos de uma causa inteligente, sendo importante direcionar a área científica em sua busca, pois encontrando, ou ao menos aproximando-se do ponto de interação entre a matéria e o princípio inteligente, que saberemos aplicar este conhecimento na vida prática, pois se há ordem no campo biológico, tudo indica haver também no campo moral, leis que regem a evolução. A ciência não deve se limitar às comodidades, mas priorizar o bem estar.

    Compreendendo a matéria, não restringindo-a ao visível, mas interativa com suas formas mais tênues, de energias, nos trará, no campo prático, maiores responsabilidades em relação à nossa própria consciência, direcionando as atitudes de forma em que a deixe harmônica à refletir no corpo físico, uma saúde físico-psíquico, corpo e espirito numa visão holística.

    Este tema me lembra uma excelente passagem de “Sua Voz”, por Pietro Ubaldi, em “A Grande Síntese”, compartilho:

    ´´´´´´´´´´´´´

    “Em vossas mãos, o saber e a força transformaram-se sempre em meios de destruição.

    “Para que serve, então, o saber, se ao invés de impulsionar-vos para o Alto, tornando-vos melhores, para vós se torna instrumento de perdição? Não riais, ó céticos, que julgais ter resolvido tudo, porque sufocastes o grito de vossa alma que anseia por subir! A dor vos persegue e vos encontrará em qualquer lugar. Sois crianças que julgais evitar o perigo escondendo a cabeça e fechando os olhos, mas existe uma Lei, invisível para vós, todavia mais forte que a rocha, mais poderosa que o furacão, que caminha inexorável movimentando tudo, animando tudo; essa Lei é Deus. Ela está dentro de vós, vossa vida é uma exteriorização dela e derramará sobre vós alegria ou dor, de acordo com a justiça, como o merecerdes.” (A Grande Síntese – Pietro Ubaldi)

    Em O Livro dos Espíritos, por Allan Kardec, na questão 621-a, temos a pergunta de onde se encontram as Leis de Deus, com a resposta breve e profunda: “na consciência”.

    Um grande abraço e obrigado a Todos!

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Qual a sua opinião sobre A Grande Síntese e a obra de Pietro Ubaldi?

    Deixo a sinopse:

    Este livro tem a chave da redenção da humanidade. Nele se encontra a síntese do saber nos campos da ciência (não agnóstica), da filosofia (não partidária) da religião (não sectária).

    Porque os seres nascem, vivem e morrem e qual o destino de cada um neste mundo e no outro? São perguntas respondidas, nesta monumental obra.

    A evolução da forma e da substância é o objetivo central de A Grande Síntese. O Autor revelou profundo elo de ligação entre as duas. Convida o leitor a fazer uma longa viagem desde o átomo até o super-homem.

    No prefácio deste livro, você vai encontrar opiniões de muitos lideres mundiais do conhecimento humano e divino.

    Albert Einstein, prêmio nobel e o maior físico do século XX, também leu A Grande Síntese e afirmou: "É admirável a força de sua linguagem e a vastidão dos assuntos ali tratados".

    Monteiro Lobato ao escolher um livro que mais lhe tocasse, interiormente, não teve dúvidas: "Creio que encontrei o meu livro. Ele chama-se A Grande Síntese de Pietro Ubaldi. Temos de lê-lo e relê-lo. Lendo estou a vagar no alto mar deste livro - tonto, deslumbrado, maravilhado!

    ----------------------

    Como espírita, sou também estudioso da obra de Pietro Ubaldi, em concordância com as palavras de Emmanuel, através de Chico Xavier:

    "Aqui, fala Sua Voz divina e doce, austera e compassiva. No aparelhamento destas teses, que muitas vezes transcendem o idealismo contemporâneo, há o reflexo soberano de sua magnanimidade, da sua misericórdia e da sua sabedoria. Todos os departamentos da atividade humana são lembrados na exposição de inconcebível maravilha!

    A GRANDE SÍNTESE é o Evangelho da Ciência, renovando todas as capacidades da religião e da filosofia, reunindo-as à revelação espiritual e restaurando o messianismo do Cristo, em todos os instintos da evolução terrestre."

    ----------------------

    Estou relendo o livro, e gostaria de saber quais opiniões de quem conhecem...

    Muito Grato!

    Abração a Todos!!!

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Najinhaaaa.... to achando que nóis vão ganhar hein....?

    Acho que não vai ser de goleada, mas suado, se bobear até com gol de mão aos 48 min do 2 tempo ahahahahah.....

    E aí???

    Zeroooooooo........

    4 AntwortenFutebol Brasileirovor 8 Jahren
  • Qual sua opinião sobre medicina em uma abordagem holística, físico-psíquico?

    Prezados amigos,

    Saiu uma matéria muito interessante no jornal Estado de Minas, sob título “MÉDICOS E MÉDIUNS”, abordando esta forma de tratamento.

    Penso que qualquer doença, sofrimento, que reflete no ‘exterior’, é apenas a própria exteriorização de uma causa anterior, espiritual.

    Reproduzo a matéria, é longa, mas a quem interessar, vale a pena!

    “O ator Reynaldo Gianecchini, de 38 anos, sofreu de um câncer raro e agressivo – linfoma não Hodkin – e foi tratado por médicos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e pelo médium João Berbel, que declarou na época: “Gianecchini está se recuperando com a ajuda de uma energia espiritual muito grande. Tem recebido orações de pessoas de todas as religiões”. Recuperado da doença, Gianecchini se engajou em movimentos de luta contra o câncer e vê, com respeito e admiração, a doutrina espírita.

    Não só o ator usou os recursos da medicina tradicional aliados ao tratamento espiritual. Cada vez mais, as pessoas entendem que não são apenas corpos físicos, principalmente na hora de uma doença grave como o câncer, que leva à reflexão sobre o sentido da vida. “A dor e o sofrimento despertam. É um momento fecundo. Para pessoas abertas é hora da virada conceitual, porque o modelo filosófico do espiritismo vê o homem como trino, que tem vontade e entendimento (essência do ser), energia vital, que dá fluxo e movimento à vida, além do corpo físico”, explica a médica homeopata Lenice Aparecida de Souza Alves, de 53, que também é adepta da doutrina espírita.

    Para comprovar os efeitos terapêuticos do espiritismo na saúde, a Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg) realizará em Belo Horizonte o sexto Congresso de Saúde e Espiritismo, entre 31 deste mês e 2 de setembro, no Ouro Minas Palace Hotel.

    Só para ter uma idéia, já são 1 mil inscritos, que querem conhecer com detalhes o que diferencia uma abordagem médica ou psicológica espiritualizada da outra puramente materialista. O congresso pretende apresentar ao grande público os caminhos para a cura do corpo e da alma. Contará com a presença de médicos psiquiatras e psicólogos que também são médiuns. Eles vão abordar temas nas áreas da saúde mental, obsessão, sexualidade, cura e autocura, prática clínica e pesquisas, sempre encarando a doença muito além dos meros sintomas físicos.

    “Estamos passando por momentos muito difíceis. As pessoas vão levando a vida sem parar para refletir sobre os acontecimentos. Vivem reativamente descentradas, se desorganizando sem percebê-lo. Quando o corpo adoece, elas buscam um profissional e esse, na maioria das vezes, só trata do sintoma oferecendo a alopatia sem uma conversa amiga, reflexiva. E nesse burburinho levado automaticamente, quando se dão conta, estão acometidas de depressão, pânico e vários outros transtornos mentais e afetivos. O profissional tem o dever de aprender para ensinar ao paciente o exercício do centramento diário, pela oração ou meditação, que são poderosos recursos terapêuticos” diz a psicóloga clinica Olinta Fraga, uma das oradoras do Sexto Congresso de Saúde e Espiritismo de Minas Gerais.”(Matéria EM de 19/08/2012)

    2 AntwortenParapsicologiavor 8 Jahren
  • Qual sua opinião sobre medicina em uma abordagem holística, físico-psíquico?

    Prezados amigos,

    Saiu uma matéria muito interessante no jornal Estado de Minas, sob título “MÉDICOS E MÉDIUNS”, abordando esta forma de tratamento.

    Penso que qualquer doença, sofrimento, que reflete no ‘exterior’, é apenas a própria exteriorização de uma causa anterior, espiritual.

    Reproduzo a matéria, é longa, mas a quem interessar, vale a pena!

    “O ator Reynaldo Gianecchini, de 38 anos, sofreu de um câncer raro e agressivo – linfoma não Hodkin – e foi tratado por médicos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e pelo médium João Berbel, que declarou na época: “Gianecchini está se recuperando com a ajuda de uma energia espiritual muito grande. Tem recebido orações de pessoas de todas as religiões”. Recuperado da doença, Gianecchini se engajou em movimentos de luta contra o câncer e vê, com respeito e admiração, a doutrina espírita.

    Não só o ator usou os recursos da medicina tradicional aliados ao tratamento espiritual. Cada vez mais, as pessoas entendem que não são apenas corpos físicos, principalmente na hora de uma doença grave como o câncer, que leva à reflexão sobre o sentido da vida. “A dor e o sofrimento despertam. É um momento fecundo. Para pessoas abertas é hora da virada conceitual, porque o modelo filosófico do espiritismo vê o homem como trino, que tem vontade e entendimento (essência do ser), energia vital, que dá fluxo e movimento à vida, além do corpo físico”, explica a médica homeopata Lenice Aparecida de Souza Alves, de 53, que também é adepta da doutrina espírita.

    Para comprovar os efeitos terapêuticos do espiritismo na saúde, a Associação Médico-Espírita de Minas Gerais (Amemg) realizará em Belo Horizonte o sexto Congresso de Saúde e Espiritismo, entre 31 deste mês e 2 de setembro, no Ouro Minas Palace Hotel.

    Só para ter uma idéia, já são 1 mil inscritos, que querem conhecer com detalhes o que diferencia uma abordagem médica ou psicológica espiritualizada da outra puramente materialista. O congresso pretende apresentar ao grande público os caminhos para a cura do corpo e da alma. Contará com a presença de médicos psiquiatras e psicólogos que também são médiuns. Eles vão abordar temas nas áreas da saúde mental, obsessão, sexualidade, cura e autocura, prática clínica e pesquisas, sempre encarando a doença muito além dos meros sintomas físicos.

    “Estamos passando por momentos muito difíceis. As pessoas vão levando a vida sem parar para refletir sobre os acontecimentos. Vivem reativamente descentradas, se desorganizando sem percebê-lo. Quando o corpo adoece, elas buscam um profissional e esse, na maioria das vezes, só trata do sintoma oferecendo a alopatia sem uma conversa amiga, reflexiva. E nesse burburinho levado automaticamente, quando se dão conta, estão acometidas de depressão, pânico e vários outros transtornos mentais e afetivos. O profissional tem o dever de aprender para ensinar ao paciente o exercício do centramento diário, pela oração ou meditação, que são poderosos recursos terapêuticos” diz a psicóloga clinica Olinta Fraga, uma das oradoras do Sexto Congresso de Saúde e Espiritismo de Minas Gerais.”(Matéria EM de 19/08/2012)

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Porque tanta diversidade nos três níveis de consciência predominante na Humanidade?

    Subconsciente: (Instintos, aptdões, virtudes, capacidades); Consciente: (zona lúcida, reflexiva; assimilação); Superconsciente: (Intuição, lampejos de pensamentos mais elevados; porvir do futuro consciente).

    Porque a diversidade onde o que é consciente para uns, é para outros o subconsciente, enquanto para ainda outros, é o superconsciente?

    Três do mesmo gênero e diversos graus.

    Grato pelas respostas, Abraços a todos!

    8 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Porque tanta diversidade nos três níveis de consciência predominante na Humanidade?

    Subconsciente: (Instintos, aptdões, virtudes, capacidades); Consciente: (zona lúcida, reflexiva; assimilação); Superconsciente: (Intuição, lampejos de pensamentos mais elevados; porvir do futuro consciente).

    Porque a diversidade onde o que é consciente para uns, é para outros o subconsciente, enquanto para ainda outros, é o superconsciente?

    Três do mesmo gênero e diversos graus.

    Grato pelas respostas, Abraços a todos!

    6 AntwortenFilosofiavor 8 Jahren
  • Reencarnação é ciência, filosofia, e moral?

    Olá Prezados Amigos,

    Acabo vendo tantas idéias divergentes sobre reencarnação, em maioria mais por falta de conhecimento, outras através da tela mental lacrada a novas mudanças. Para uns isto não merece tanta importância, para outros tabus impedem sua compreensão.

    Então, no intento de ampliar as informações, volto ao tema, tomando a liberdade de expor inicialmente meus pensamentos, abertos ao diálogo para um melhor entendimento.

    1 - Reencarnação é ciência: São inúmeros os fatos pesquisados, cujos todas as evidências apontam para uma vida anterior. Estas principais pesquisas se encontram nas obras "20 Casos Reencarnação" de Ian Stevenson, e "A Reencarnação no Brasil" de Hernane Guimarães de Andrade. São fatos evidenciados nos quais os autores o qualificam como "Casos Sugestivos de Reencarnação". Expressão humilde, pois diante dos fatos pesquisados, só podem haver duas conclusões: ou todos estão mentindo, - lembrando que são pessoas humildes, pesquisadas a fundo por profissionais da ciência. - ou então a reencarnação é um fato! Fato que atesta sua comprovação através do pilar: conhecimento, filosofia moral.

    2 - Filosofia: Através das evidências dos fatos. Vidas anteriores requerer um corpo filosófico buscando compreender sua causa e seus efeitos. Como Efeitos, podemos perceber a grande diversidade física, onde muitos nascem com sequelas sem nenhuma causa aparente; Moral, é também grande sua diversidade, que independe do berço rico ou pobre, da cultura ou de sua falta; ainda temos o aspecto "Social, onde sua desigualdade não explica o porquê de alguns terem privilégios, e outros sem acesso.

    3 - Moral: Junto aos Fatos(Ciência) e a filosofia, compreendendo este mecanismo de funcionamento, logicamente a sabedoria induz à sua aplicação na vida prática, ou melhor, tornam-se consequências morais.

    Através da filosofia aprendemos que a evolução não é somente material, mas principalmente espiritual, passamos a saber que males cometidos em outras vidas, são resgatados, através de expiação, na vida posterior. Compreendemos que a evolução não se trata de especializações materiais, mas depuração de sentimentos, que se tornam inatos e crescentes vidas após vidas, sabendo evolução é, no mínimo, uma maior felicidade.

    As consequências morais levam as pessoas a buscar domar seus maus pendores, corrigir suas imperfeições íntimas, valorizar mais a essência do que a forma, buscam um sentimento que contribua para a fraternidade.

    Então amigos, retomo à baila, Reencarnação é ciência, filosofia e moral? Aspecto estrutural, dinâmico e essência!

    14 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • O Cristianismo, expurgado dos credos parasitas, é uma ciência progressiva?

    "Um cristão do quinto século, com a sua Bíblia, é igual a um cristão do décimo-nono, uma vez que ambos tenham a mesma candura e perspicácia natural.

    (MACAULAY) -

    Temos na pergunta a evolução do Cristianismo, e, de forma antagônica, temos a sua própria estagnação.

    Para melhor esmiuçar o tema e ampliando as ideias, continuo deixando alguns trechos selecionados do livro "Religião em Litígio, entre este mundo e o outro", por Robert Dale Owen.

    Segue:

    "Ainda que eu discorde totalmente dessa opinião expressa por Macaulay, de boa vontade procuro imaginar por que processos ele chegou a tal conclusão.

    Ele pensa, sem dúvida, que esse cristão do quinto século tinha o privilégio de ler a Bíblia e de encontrá-la escrita ou impressa em uma linguagem que lhe era familiar; condições que não existiam então para os leigos e continuaram a faltar até mil anos depois. Porém ele ainda quer mais do que isso. Presume, provavelmente, que o seu cristão do século décimo-nono acredita na plena inspiração da Bíblia, como a única fonte de conhecimentos espirituais, palavra por palavra, como os tradutores no-la transmitiram e, ainda mais, no caráter maravilhoso dos sinais e prodígios narrados nos quatro evangelhos.

    Não há dúvida de que muitos professores protestantes do Cristianismo ainda tem essa crença, como também que ela coloca o cristão de hoje no mesmo plano do cristão de há muitos séculos passados.

    Se eu julgasse que tais crenças continuariam ainda no futuro, por muitas gerações, admitiria que Macaulay tinha motivos plausíveis para desesperar do progresso religioso e que o Catolicismo romano tenha razão esperando tornar-se a religião da cristandade, como o Protestantismo já o foi. Mas, tenho certeza de que essas doutrinas caducas passarão. Quando quer que isso suceda, o Cristianismo suplantará, não só os erros que precederam a Reforma, mas também os da própria Reforma, e então o cristão, não católico-romano, nem protestante, mas como cristão, verá abrir-se diante de si um futuro de Paz e progresso religioso." ( Do Livro 'RELIGIÃO EM LITÍGIO entre este mundo e o outro.' Por Robert Dale Owen - 1801 a 1877)

    ----------------------

    Amigos, sem intento de ofensa à qualquer religião, vamos manter o foco apenas nas idéias em si,

    Fica difícil confiar em interpretações sobre alguém que nada deixou escrito, e tudo que temos são inúmeros registros que constituíram os evangelhos, porém, já na intercessão surgiram também inúmeras interpretações, e fato natural afastar-se realmente de sua essência. Que fazer então para distinguir o que mais se aproxima ao cristianismo? Creio buscar mais em sua própria essência, despida de dogmas, e imaginar as qualidades de um verdadeiro cristão focado ao bem, buscando não o que separe, mas o que une. Sabendo ser a única separação religiosa a do Justo ou Injusto, do Bom ou do Mal. Não esquecer a máxima "Amar a Deus acima de todas as coisas, e ao próximo assim como nós mesmos."

    Seria esta ideia um ponto central de direção para resgatar a essência cristã? E quanto à ciência progressiva? seria algo como uma ciência moral, e/ou física mesmo, ou talvez melhor, a união das duas?

    Qual a sua opinião sobre o Cristianismo como ciência progressiva?

    9 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Espiritas. O que é viver como Espirito Imortal na vida mortal?

    Olá Prezados Amigos,

    Como minha linda esposa Urania disse a pouco tempo, fiquei de voltar ao YR somente em 2013, pois já estou cansado da minha forma de agir, não gosto de repetições. Então, além dos serviços que não me deixam tempo, tenho, neste afastamento temporário, buscado dentro de mim mesmo novos pensamentos, revendo convicções e principalmente nova forma de atuação neste espaço. Por hora, vez ou outra estarei aqui com algumas questões, mas não mais no intento de divulgação, daquelas perguntas nas quais ja sabemos as respostas, atitudes que tanto fazemos por aqui. (sem generalizar)

    Vamos à questão! Disse inicialmente aos Espíritas, mas está aberto a qualquer filosofia reencarnacionista. Lógico que todos os amigos com pensamentos diversos estão convidados, mas só tratarei dos temas nesta especialidade.

    Como espírita universalista, gosto misturar palavras de outras filosofias com o mesmo teor, afinal o próprio Kardec, sob a luz do espiritismo, nos demonstrou a necessidade de estudar a tudo, sabendo compreender os prós e contras, pontos de união!

    Para entrar a fundo nesta questão, tentemos compreender o que é o Maya, senão a criação coletiva mental, dita como ilusão na qual vivemos nossas vidas carnais. No budismo há uma interpretação, talvez errônea, na qual a renúncia é a sua superação, porém o Maya é um mecanismo evolutivo, não sendo solução simplesmente evadir. Há que se transformá-lo, através de nossas atitudes, como parceiro para nossa própria evolução.

    Daí a questão, Maya como vida carnal, a ser vivenciada com a consciência de Espiritos Imortais, nossa profunda realidade.

    A perfeição espiritual, ou o estado de Nirvana, não se alcança através da renúncia, mas da ação. Nirvana não é o vazio da contemplação, mas a iluminação, extase espiritual, conquista através da realização interior. Iluminação interior que não pode ficar restrita, mas exteriorizada, perfazendo a evolução em todos os níveis espirituais e materiais.

    Então, retomo a questão, como é para Você viver como Espirito Imortal na vida carnal?

    Sendo esta pergunta não aleatória, mas na minha intenção, carente de aprendizado na qual busco aplicar em minha própria vida, daí a importancia aprender com seus próprios pontos de vistas, e aplicá-los em meu cotidiano.

    Por favor, dissertem, não tenham preguiça de ler e escrever.

    Devido a falta de tempo que estou atualmente, já antecipo desculpas caso demore interagir com as questões.

    Um Forte Abraço a Todos!!!

    17 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 8 Jahren
  • Qual é o seu Ponto de Vista sobre a vida?

    Texto base para reflexões:

    “Não há ninguém que não tenha notado o quanto as coisas mudam de aspecto, segundo o ponto de vista sob o qual são consideradas; não é somente o aspecto que se modifica, mas ainda a própria importância da coisa. Que se coloque no centro de um meio qualquer, fosse ele pequeno, parece imenso; que se coloque fora, parecerá todo outro. Tal que vê uma coisa do alto de uma montanha ‘a’ acha insignificante, enquanto que, na base da montanha, lhe parece gigantesca.

    Isto é um efeito de ótica, mas que se aplica igualmente às coisas morais. Ficai um dia inteiro no sofrimento, ele vos parecerá eterno; à medida que esse dia se afasta de vós, vos admirais de ter podido vos desesperar por tão pouco. Os pesares da infância têm também sua importância relativa, e, para a criança, são todos tão amargos quanto os da idade madura. Por que, pois, nos parecem tão fúteis? Porque não o somos mais, ao passo que a criança o é inteiramente, e não vê além de seu pequeno círculo de atividade; ela os vê do interior, nós os vemos do exterior. Suponhamos um ser colocado, em relação a nós, na posição em que estamos em relação à criança, ele julgará nossos cuidados do mesmo ponto de vista, e os achará pueris.” (Allan Kardec – Revista Espirita Julho/1862).

    Então, amigos, percebo que o ponto de vista sobre as coisas é predominante para o bem ou mal proceder, assim como influencia nos sentimentos, no discernimento, nos vícios e nas necessidades que nós mesmos criamos para nosso próprio espírito, sendo de certa forma uma construção moral.

    Então, lhe pergunto, qual é o seu ponto de vista sobre a vida, há alguma finalidade, e até que ponto seu pensamento lhe influencia nos próprios atos?

    11 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • O que Vc entende por Ciência Afinal?

    Texto base para reflexões:

    “(...)no fim das contas, a que chamamos – Ciência? Que é que não é científico em a Natureza? Onde estão os limites do estudo positivo? A ossada de um pássaro tem realmente caráter mais científico do que a sua plumagem de luminosas cores e o seu canto de tão sutis cadências? O esqueleto de formosa mulher é porventura mais digno de atenção do que a sua estrutura de carne e a sua forma viva? A análise das comoções da alma não é científica? Não é científico pesquisar se realmente a alma pode ver ao longe e de que modo? E depois, que estranha vaidade, essa ingênua presunção de imaginar que a Ciência haja dito a sua última palavra; que conhecemos tudo quanto há a conhecer; que os nossos cinco sentidos sejam suficientes para apreciar a natureza do Universo! Do que esmiuçamos, entre as forças que atuam em torno dos seres, a atração, o calor, a luz, a eletricidade, deve-se concluir pela inexistência de outras forças, as quais nos escapam porque não possuímos sentidos para percebê-las? Não é essa hipótese que é absurda, e sim a ingenuidade dos pedagogos e dos clássicos. Sorrimos das idéias dos astrônomos, dos físicos, dos médicos, dos teólogos de há três séculos. Decorridos outros tantos, os nossos sucessores nas ciências não sorrirão, por sua vez, das afirmações daqueles que pretendem, agora, tudo conhecer?” (Trecho Selecionado do Livro: “Urânia” de Camille Flammarion)

    Baseado no exposto, e considerando as inúmeras evidencias nas quais a consciência transcende o organismo físico, tais quais a telepatia, mediunidade, experiências fora do corpo, reencarnação, e experiências de quase morte, onde as explicações materialistas, por mera posição dogmática, as vezes beiram ao absurdo da fantasia, o que afinal Vc entende como Ciência? Apenas as frias análises em laboratórios, ou também estudos baseados em evidências de fato?

    16 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Espíritas, os animais participam do plano espiritual?

    Amigos,

    Na questão 600 do LE, quando Kardec pergunta se a alma dos animais após a morte, fica em um estado de erraticidade igual a do homem, temos a seguinte resposta:

    “Fica numa espécie de erraticidade, pois que não mais se acha unida ao corpo, mas não é um Espírito errante. O Espírito errante é um ser que pensa e obra por sua livre vontade. De idêntica faculdade não dispõe o dos animais. A consciência de si mesmo é o que constitui o principal atributo do Espírito. O do animal, depois da morte, é classificado pelos Espíritos a quem incumbe essa tarefa e utilizado quase imediatamente. Não lhe é dado tempo de entrar em relação com outras criaturas”

    O básico da pergunta é se o animal acha-se em estado errático igual ao homem! A resposta é que se encontra em uma espécie de erraticidade, pois que está fora do corpo, mas não como um espírito errante, já que não possuem a consciência atributo do Espírito humano. Neste caso, quando diz que se encontra em uma espécie de erraticidade, mostra perfeitamente a alma dos animais no plano espiritual, apenas não possuem o discernimento para aproveitar o tempo útil em estudos de elevação.

    Agora começa a confusão, pois diz que após a morte a alma dos animais é classificado pelos Espíritos e utilizado quase imediatamente. Creio que a confusão esta neste utilizado, pois é interpretado por muitos como reencarnado! Mas não foi este o termo usado pelos espíritos, e sim “utilizado”, que pode ter outras vertentes, como descrito por André Luiz e diversos autores, utilizado em auxilio no plano espiritual! Afinal, fatos são fatos, e são inúmeros os relatados por diversos autores, como Ernesto Bozzano, André Luiz, George Vale Owen, e inúmeros outros.

    Creio que a tônica da confusão da questão 600, se encontra no termo: “Não lhe é dado tempo de entrar em relação com outras criaturas”. Logo, se não lhe é dado tempo, parece mesmo que é reencarnado imediatamente!

    Mas ao consultar o LE em francês, encontrei um termo um pouco diferente das traduções, e onde se lê “tempo” na frase citada acima, encontramos “loisir”, que tem um significado não propriamente de ‘tempo’, que em francês é ‘temps’, mas de ‘lazer’, que pode ser interpretado de alguma forma como ‘tempo útil’ de entretenimento com outras criaturas

    A palavra ‘loisir’ é utilizada somente mais uma vez no LE em francês, na questão 679, que também não é usada em termos de tempo, enquanto ‘temps’, ou ‘tempo’ propriamente dito, é utilizada largamente na obra.

    Mas independente da questão acima, no qual tentei demonstrar que não é exatamente como recebemos nas traduções, no Espiritismo não tem dogmas, pois tudo pode e deve ser contestado antes de aceito. E se é certo que temos inúmeros relatos de animais no plano espiritual, e não podemos acreditar apenas porque foi dito, mas porque é coerente. Temos também, e principalmente, um ensaio com métodos científico na obra “A Alma nos Animais”, de Ernesto Bozzano, onde este ilustre espírita pesquisou 130 casos demonstrando em fatos a participação de nossos irmãos menores no plano espiritual.

    E então, como ficamos?

    12 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Aos amigos Ateus, Vcs realmente possuem maior liberdade do que os religiosos?

    Prezados amigos Ateus,

    Nas indagações que já fiz, acabei ficando confuso pela diversidade de pensamentos, alguns buscando seguir sistemas filosóficos, outros apenas negando por negar, e ainda outros, que mais me deixou surpreso, fugindo das bases materialistas, dizendo acreditar em forças sobrenaturais, mas não em deus.

    Mas tudo bem, a questão não é bem esta, é mais de ética. O cerne da questão reside em que tenho visto muitas perguntas de ateus dizendo que os religiosos, por crerem em deus, estão imbuídos de coações nas suas atitudes. Muitas perguntas pejorativas, aliás. Pelo que tenho visto, me parece estar havendo uma certa incapacidade de conceber uma força diretriz além do deus bíblico, que em suas alegorias se constitui na maior causa do ateísmo. Uma força tal qual concebia Einstein ao declarar a religião cósmica, livre de dogmas e com Deus não antropomórfico.

    A questão então é sobre coação, freando o livre arbítrio e reprimindo desejos. Como concebo Deus não antropomórfico, regendo tudo existente em estado IMANENTE, não acreditando em milagres nem em sobrenaturais, Sua ação é através da consciência, sem fugir da ordem natural das coisas, ação na qual quanto mais moralmente elevado somos, mais a captamos, são como que princípios éticos que seguimos, não baseados na ação exterior, mas de acordo com a índole de cada um. Não havendo repressão, a não ser naquela em que termina nosso livre arbítrio quando invade o direito do próximo.

    O que alegoricamente o religioso ortodoxo fala “Deus pune”, se torna então a própria voz da consciência a cobrar quando traímos nossos princípios íntimos. Quanto mais adiantado a ética de cada um, maior o livre arbítrio, pois deriva em atitudes que proporcionam cada vez mais a consciência em paz.

    Então, após estas premissas, a pergunta é: O Ateu possui maior liberdade em seus atos do que o religioso esclarecido acima?

    OPINEM, DISSERTEM.....

    Um Grande Abraço a Todos!

    13 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Alunos desmaiam em escola no Vietnã por 'fantasmas' no banheiro. Como Vc explica?

    "Alunos de uma escola na província de Phu Yen, no Vietnã, desmaiaram após terem visto supostos fantasmas no banheiro do dormitório, segundo o jornal "Tuoi Tre".

    "O diretor da escola, Phan Van Tho, confirmou que um grande número de alunos internos desmaiou ou gritou à noite no mês passado de causas desconhecidas.

    "Em um dos casos, 12 estudantes perderam a consciência ao mesmo tempo.

    Fantasmas teriam sido vistos no banheiro do dormitório dos alunos internos.

    "De acordo com o periódico, em um dos incidentes 12 estudantes chegaram a perder a consciência ao mesmo tempo.

    "A situação tem causado um clima de medo entre os alunos, e muitos têm medo de entrar no dormitório.

    Fonte: http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2011/1...

    9 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • A verdadeira religião não está no íntimo de cada um?

    Texto base para reflexão:

    “Hoje, justos e injustos estão misturados em todos os grupos. Pode haver ótimos elementos nos piores grupos, assim como péssimos no seio dos melhores. Faz-se muita questão do que aparece por fora, que se percebe materialmente, enquanto que nos escapa a realidade interior, que se procura esconder. O justo não luta para reduzir à dependência os outros, mas se oferece para com eles se coordenar. Há uma imensa diferença entre os dois métodos de vida e respectiva ética, porque se trata de duas posições biológicas colocadas em dois diferentes pontos da escala evolutiva. A evolução é grande porque se trata de passar da categoria dos injustos, que pertencem a um nível de vida, à categoria dos justos, que pertencem a outro e representam outro biótipo. A renovação é grande, porque não se trata de mudar de roupa, passando de uma religião a outra, de um partido ou grupo humano a outro, ficando mais ou menos como antes e usando os mesmos métodos, mas trata-se de se renovar completamente, pensando com outra forma mental e agindo conforme uma ética diferente. Porque se trata de uma transformação não de superfície, mudando só de forma, mas em profundidade mudando de substância, ela não pode ser realizada pelo capricho e interesse de grupos humanos, mas só pelo amadurecimento evolutivo realizado pelas forças biológicas. Não se trata de pintar por fora, com novas aparências de civilização, a mesma ferocidade da desapiedada luta egoísta, que se esconde atrás das leis religiosas e civis, mas trata-se de acabar com essa contínua mentira, adquirindo outra natureza, personalidade e ética, a do homem justo e sincero.” (Princípios de uma nova ética – Pietro Ubaldi)

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • O Ateísmo se baseia em um pensamento dogmático?

    Segue um 'breve' texto para reflexão sobre o tema:

    “(...)Ser materialista é ter um dogma sem comprovação científica. A ciência não é o fim, é o meio.

    Os sábios possuem muitos porquês e poucas respostas, os “sabidos” possuem muitas respostas e poucos porquês.

    Duvidar, negar ou acreditar simplesmente é pura ignorância, o saber consiste na mente e coração abertos na expectativa de novas possibilidades.

    A ironia do materialismo é que não existe nenhuma prova científica da não existência de Deus, que a consciência morre junto com o corpo físico e de que a reencarnação e o karma não existem. Portanto, o materialismo é um dogma, uma crença, um ato de fé, uma atitude mística, folclórica, que só comprova o estreitamento das mentes que a comportam. Quem realmente é racional, lógico, inteligente, coerente, questionador, não é escravo de crença, dogma ou misticismo, e, portanto, deve questionar o materialismo, tal qual o espiritualismo (ciência).

    Existem muito mais evidências, possibilidades, perspectivas, teorias, hipóteses, axiomas históricos, culturais, geográficos e estatísticos (1) que tendem a sugerir a reencarnação, as experiências fora do corpo, o karma, a continuação da existência da consciência em outras dimensões que o contrário.

    (1)Atualmente (2007) a Parapsicologia utiliza a meta-análise, um sistema de análise estatístico através de resultados robustos que evidencia de forma nítida a existência do PSI no ser humano.

    (...) Não há como demonstrar provas materiais e físicas de eventos espirituais e metafísicos por causa da limitação dos equipamentos e das limitações dos métodos – paradigma. Um dia a Terra já foi quadrada. Se existirem “provas científicas” elas não serão como querem alguns céticos e cientistas, mas como devem ser, obedecendo as Leis Naturais e não a nossos umbigos tacanhos.

    99% de todos os eventos de nossa vida não são e não podem ser provados cientificamente, como por exemplo, o amor, a amizade, a ética, os valores humanos, os fenômenos paranormais, etc.

    As ultimas descobertas da Física Quântica sugerem a possibilidade da “sustentação” do universo por uma Inteligência Superior onisciente, onipotente e onipresente, a qual não compreendemos. A pior fé é a que nega os fatos: é a ciência sem consciência. Se a ciência é uma forma de estudar isenta, já os cientistas não o são. O observador de um experimento é ele mesmo uma das variáveis. Estes possuem suas preferências, tendências, mentalidade e dogmas pessoais.

    (...) Existem duas vertentes da ciência, a materialista e a espiritualista. A vertente espiritualista tem ganhado um grande campo e já influencia até a OMS – Organização Mundial de Saúde. O Manual de Psiquiatria da Associação Americana de Psiquiatria já pede para o médico olhar com cuidado aquelas pessoas que dizem ver e ouvir espíritos, para fazer o diagnóstico diferencial do surto psicótico, para aquilo que as universidades italianas vêm chamando fenômeno mediúnico. A vertente espiritualista tem ganhado terreno. Em futuro bem próximo o espiritual terá o seu lugar de destaque nas academias de ciência. O contexto sócio-cultural humano não é patologia e nem fraude, é realidade.” (Estudos Espiritualistas – Dalton & Andréa)

    16 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 9 Jahren
  • Podem me indicar um GPS Automotivo de qualidade?

    Prezados Amigos,

    Estou precisando urgente de um GPS.

    Em lojas diversas que fui, cada vendedor desmerece o produto do outro. E como tenho pouco conhecimento de GPS, não sei qual escolher.

    Uma loja me indicou o H-Buster HBN-4310, dizendo ser o melhor de todos, na faixa de preço entre 400,00 a 800,00

    Em pesquisas pela web, e indicação de outra loja, me indicaram os da marca GARMIN.

    Estou buscando comparação de qualidade entre as marcas:

    Garmin núvi 1300LT tela 4.3";

    Garmin núvi 1310 tela 4.3";

    Garmin núvi 1410 tela 5".

    Fiz várias pesquisas e não encontro qualificações adequadas.

    Alguém tem conhecimento destas marcas e pode me indicar, opinar, ou sugerir outros?

    Obrigado, Paz e Luz!

    4 AntwortenOutros - Eletrônicosvor 9 Jahren