Lv 58.663 points

Нішто без Бога

Favorisierte Antworten21%
Antworten1.696
Fragen16

"Fert Aurum Industria" (Trabalho Cria Riqueza) "Nihil Sine Deo" (Nada sem Deus) Se tiver um tempo, dá uma ida no meu blog: http://wesphn22.blogspot.com/

  • Um Feliz Natal e desde já um excelente 2010 a todos...?

    Entendo que nem todos os amigos que frequentam nossa categoria celebram o Natal, mas essa é sem dúvidas uma época que nos convida à reflexão, então aproveitando o tempo festivo, gostaria de deixar a todos um texto de Mário Quintana, para esse período em que fazemos nossos planos para o ano que virá:

    “Deficiente” é aquele que não consegue modificar a sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

    “Louco” é quem não procura ser feliz com o que possui.

    “Cego” é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

    “Surdo” é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

    “Mudo” é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

    “Paralítico” é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

    “Diabético” é quem não consegue ser doce.

    “Anão” é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

    “Miseráveis” são todos que não conseguem falar com Deus.

    A todas os amigos dessa categoria (independente de sua crença e da falta dela), a todos aqueles que compõem a família dos seres humanos um Feliz Natal e desde já meus votos de que 2010 um excelente ano para todos!!!

    E que venha 2010!

    19 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • O que nós podemos aprender com Maria (Mãe de Jesus)?

    Nós católicos celebramos hoje a festa da Imaculada Conceição.

    Entendo que nem todos reconhecem Maria por esse título, mas certamente nós cristãos podemos aprender muito com Ela.

    Para mim, o que mais me chama a atenção é sua capacidade de ouvir o chamado de Deus e dizer prontamente seu Sim ao projeto de amor do Pai.

    Mais do que isso, Maria é aquela que não só busca fazer a vontade de Deus, mas quer também entender qual é a vontade dele para Ela (quando Ela pergunta ao Anjo Gabriel em Lucas 1, 34: Maria perguntou ao anjo: 'Como vai acontecer isso, se não vivo com nenhum homem.'), para Maria é necessário guardar as coisas no coração, para assim cumprir aquilo que Deus quer.

    Isso é para mim o que nós podemos e devemos aprender com Ela, a escutar a Voz de Deus nos acontecimentos da vida.

    Aproveitando a pergunta, gostaria de postar o que nossos irmãos muçulmanos falam de Maria, os títulos que a Ela atribuem:

    Tahirah: significa "Aquela que foi purificada" (Alcorão 3, 42). De acordo com o Hadith (conjunto de Leis e história de Maomé), o diabo não tocou em Maria quando ela nasceu, portanto, ela não chorou (Nisai 4, 331).

    Mustafia: significa "Ela, que foi escolhida". O Alcorão declara: "Ó Maria! Por certo Deus te escolheu e te purificou, e te escolheu sobre todas as outras mulheres dos mundos" (Alcorão 3, 42). Deus escolheu a Virgem Maria entre todas as mulheres do mundo para um plano divino.

    Nur: Uma das passagens mais importantes, Maria foi chamada de Nur (Luz) e Umm Nur (a mãe da Luz). O verso da Luz, também contém os símbolos virginal do cristal, a estrela, a árvore abençoada de oliva e óleo, que segundo os muçulmanos, referem-se a pureza de Maria.

    A todos os que com educação responderem, meu muito obrigado.

    A paz!!!

    9 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Para você, justiça é sinônimo de vingança?

    Diariamente vemos nos jornais vários casos de crimes bárbaros e que causam milhares de vítimas.

    Pessoas são mortas sem piedade, inocentes são sequestrados, vidas são perdidas, traumas são causados.

    Contudo, após esses crimes todos pedem uma única coisa: "justiça".

    Mas que tipo de justiça é essa?

    Desejar que façam o mesmo com o criminoso ou que ele "pague" pelos crimes que cometeu seria justiça?

    Então nosso conceito de justiça está mesmo muito fraco...

    Não estaríamos confundindo justiça com vingança?

    Não estou quero tirar o direito das pessoas de protestar. Bem como, não quero que deixem impunes aqueles que causam mal aos outros, contudo há de se questionar nossas definições para essa palavra que nesses tempos tem sido tão usada e tão mal entendida pelas pessoas.

    Justiça nada mais é que vida digna para todos, é garantir que todos tenham vida e vida plenamente.

    Quando a justiça de fato for feita, então sim não teremos mais criminalidade, não teremos mais violência.

    Porém enquanto nossa justiça não passar de uma mera vingança, certamente não teremos uma sociedade boa para se viver.

    O que é como se fazer justiça para você?

    A todos a paz!!!

    NIHIL SINE DEO - Nada sem Deus.

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Apesar dos erros do passado, a Igreja Católica tem cumprido o mandamento do amor?

    Muitas pessoas, diariamente, criticam a Igreja pelos erros do passado.

    De fato, a Igreja cometeu erros terríveis, mas esses erros só foram cometidos por pessoas que quiserem usar da Igreja para os fins errados.

    Hoje, quero citar um exemplo para mostrar que a Igreja, sobretudo nesses dias em que o amor-caridade é tão esquecido tem feito muito bem a muitas pessoas.

    É uma matéria da Itália, onde a Igreja está ajudando imigrantes ilegais (metade deles muçulmanos) a terem uma vida digna, apoiando inclusive a construção de mesquitas para que eles possam prestar seu culto a Deus.

    Lembremo-nos da passagem da Bíblia em que Cristo disse: "Era estrangeiro e me acolhestes."

    Que outros exemplos podemos ver do amor-caridade manifestado pela Igreja nos dias de hoje?

    Sei que muitos trolls e fanáticos não irão responder com educação a minha pergunta, mas àqueles que responderem bem a ela, meu muito obrigado.

    Segue link para poderem ler a matéria do Estadão na íntegra:

    http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,o...

    A todos a Paz!!!

    NIHIL SINE DEO.

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Em que cidade/ estado / país os amigos do Respostas moram?

    Todos os dias nós perguntas e respondemos aqui nos Respostas.

    Falamos com várias pessoas, que muitas vezes nem sabemos de onde.

    Por isso, gostaria de saber de que cidade os amigos aqui do Respostas são. A pergunta também vale para os amigos de Portugal.

    Eu sou de Morrinhos, uma cidade de 40 000 habitantes, que fica no Estado de Goiás, Brasil.

    Fique todos em Paz, tenham um excelente fim de semana.

    NIHIL SINE DEO.

    25 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Bênçãos disfarçadas...?

    Muitos podem ainda dizer "males que vêm para bem", mas o fato é que coisas "ruins" acontecem conosco todos os dias, mas será que elas são realmente ruins? Podem estar escondidas muitas bênçãos naquilo que consideramos como sendo ruim. Pode ser que por detrás dessas situações desagradáveis lhe ocorram coisas boas. Lembre-se: "Talvez sim, talvez não".

    Li essa história em um livro, e gostaria de partilhá-la com todos, sei que é grande, mas vale a pena ler:

    "Existiu certa vez, uma aldeia que contava, entre seus habitantes com um velho homem muito sábio. Os aldeões contavam com a sabedoria desse homem para provê-los com respostas a suas perguntas e preocupações.

    Um dia, um fazendeiro da aldeia foi ao homem sábio e disse, num tom frenético: 'Homem sábio, me ajude. Uma coisa horrível me aconteceu. Meu boi morreu e eu não tenho outro animal para me ajudar a arar o campo! Esta não é a pior coisa que poderia me acontecer?' O homem sábio respondeu: 'Talvez sim, talvez não.' O homem correu de volta a aldeia e contou a seus vizinhos que o homem sábio tinha ficado maluco. Estava claro que esta era a pior coisa que poderia lhe ter sucedido. Por que será que ele não via isso?

    No dia seguinte, no entanto, um cavalo jovem e forte foi visto nas proximidades da fazenda do homem. Como ele não tivesse nenhum boi para ajudá-lo, ele teve a ideia de aproveitar o cavalo para o lugar do boi - e foi o que fez. Que felicidade para o fazendeiro! Nunca arar o campo tinha sido tão fácil. Ele voltou ao homem sábio, para se desculpar: 'Você estava certo, homem sábio. Perder meu boi não foi a pior coisa que poderia me acontecer. Foi uma bênção disfarçada! Eu nunca poderia ter capturado meu novo cavalo se isso não me tivesse acontecido. Você há de concordar que esta é a melhor coisa que poderia ter ocorrido'. O homem sábio tornou a dizer: 'Talvez sim, talvez não'. De novo, não, pensou o fazendeiro. Agora não havia dúvidas que o homem sábio estava enlouquecendo.

    Mais uma vez no entanto, o fazendeiro não sabia o que o aguardava. Alguns dias mais tarde, o filho do fazendeiro estava andando a cavalo e caiu. Quebrou a perna e não poderia mais ajudá-lo na colheita. Oh, não, pensou o fazendeiro. Agora, morreremos de fome. O fazendeiro foi de novo ao homem sábio. Desta vez ele disse: 'Como é que você sabia que capturar o cavalo não foi uma coisa boa? Estava certo novamente. Meu filho se machucou e agora não poderá me ajudar na colheita. Estou certo de que esta foi a pior coisa que poderia ter me acontecido. Desta vez você será obrigado a concordar.' Mas, da mesma maneira que nas vezes anteriores, o homem sábio olhou calmamente para o fazendeiro num tom compassivo e repetiu, 'Talvez sim, talvez não'. enraivecido pelo fato do homem sábio ser tão ignorante, afinal o fazendeiro voltou bufando para a aldeia.

    No dia seguinte chegaram tropas ao vilarejo, para levar todos os homem jovens e saudáveis para uma guerra que tinha acabado de estourar. O filho do fazendeiro foi o único jovem da aldeia que não teve que ir. Ele viveria, onde os outros, com toda a certeza estavam fadados a morrer."

    A todos a Paz!!!

    NIHIL SINE DEO.

    10 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Sabemos procurar a verdade na opinião dos outros?

    O texto que vem a seguir é tirado do livro "Não faça tempestades em copos d'água...e tudo na vida são copos d'água". Desse livro também tirei o texto que usei em outra pergunta: Se sabemos perceber as impressões de Deus em tudo o que há no mundo.

    Agora, gostaria de compartilhar com vocês o que Richard Carlson, Ph. D. diz sobre sabermos ouvir os outros.

    "Se você gosta de aprender tanto quanto de fazer as outras pessoas felizes, vai adorar essa ideia.

    Quase todo mundo acha que suas ideias são boas, do contrário, não as partilhariam. Uma das coisas destrutivas que muitos de nós fazemos, no entanto, é comparar a opinião de alguém com a nossa. E, quando não combina com o que acreditamos, ou a descartamos, ou procuramos encontrar seu erro. Nós nos sentimos péssimos, a outra pessoa diminuída e não aprendemos nada.

    Toda a opinião tem seu mérito, especialmente se nós estivermos procurando por méritos e não por erros. Da próxima vez que alguém lhe der sua opinião, em vez de julgá-la ou criticá-la, tente encontrar o que nela existe de verdade.

    Se você pensar bem a respeito, quando julga alguém ou sua opinião, tal atitude não diz muito a respeito dessa outra pessoa, mas diz quase tudo sobre sua necessidade de ser juiz.

    Eu ainda me pego criticando o ponto de vista de outros, mas bem menos do que costumava fazer. O que mudou na realidade, foi meu empenho em encontrar a verdade na posição dos outros. Se você praticar essa estratégia simples,descobrirá que algumas coisas incríveis podem acontecer: Começará a entender aqueles que interagem com você, outras pessoas se sentirão atraídas por sua energia acolhedora e amorosa, sua curva de aprendizado alargará e , provavelmente o que é mais importante, se sentirá muito melhor."

    Você saber reconhecer a verdade na opinião dos outros, ou antes até mesmo de ouvir já a julga errada, às vezes por mero preconceito?

    A todos a paz!!!

    NIHIL SINE DEO.

    3 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Você consegue perceber que tudo tem as impressões digitais de Deus?

    Estou lendo um livro, cujo título é "Não faça Tempestades em Copos d'água... e tudo na vida são copos d'água" de Richard Carlson, Ph. D. Apesar de auto-ajuda não ser meu gênero literário predileto, reconheço que trata-se de um bom livro.

    Gostei muito de um capítulo intitulado: "Lembre-se que tudo tem a impressão digital de Deus".

    Quanta coisa deixamos de apreciar pelo fato de não reconhecermos isso.

    "O rabino Harold Kushner nos recorda que tudo o que Deus criou é potencialmente sagrado. Nossa tarefa como seres humanos é encontrar o sagrado em situações que aparentam ser pouco sagradas. Ele sugere que quando aprendemos a fazer isso, aprendemos a nutrir nossas almas. É fácil ver a beleza de Deus num pôr-de-sol magnífico, numa montanha encimada de neve, no sorriso de uma criança saudável, ou em ondas do mar batendo na areia de uma praia. Mas será que sabemos ver o sagrado em situações aparentemente feias - lições difíceis da vida, tragédias familiares, na luta pela vida?

    Quando nossas vidas se enchem do desejo de ver o sagrado nas coisas de todos os dias, algo mágico acontece. Um sentimento de paz nos invade. Começamos a ver aspectos enriquecedores da vida cotidiana, que antes estavam escondidos. Quando nos lembramos que tudo trás as impressões digitais de Deus, isso é o suficiente para tornar tudo especial. Se nos lembramos desse fato espiritual quando estamos lidando com uma pessoa difícil ou lutando para pagar nossas contas, nossa perspectiva se amplia. É sempre útil lembrar que Deus também criou a pessoa que você está lidando ou que, embora você esteja lutando para pagar suas contas você é realmente abençoado por tudo o que tem.

    Em algum lugar, no fundo de sua mente, tente sempre lembrar que tudo tem as impressões de Deus estampadas. O fato de não conseguirmos ver a beleza em algo não quer dizer que ela não exista. O que talvez está acontecendo, é que não estamos olhando com tanto cuidado ou com a perspectiva ampla que deveríamos."

    E você, onde consegue ver as impressões de Deus? E onde você deveria ver essas mesmas impressões que hoje você não vê.

    A todos a paz!!!

    NIHIL SINE DEO.

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Como você vê Deus? Como Pai?

    Muitos religiosos, ao longo dos tempos passaram (e alguns passam) imagens erradas de Deus, colocando-o como sendo um Ser que somente fica observando nossos erros, para nos pegar em qualquer um deles.

    "Muita gente tem uma imagem deturpada de Deus.

    No Primeiro Testamento, as pessoas enalteciam a bondade desse Deus. Contudo, os fariseus da época conseguiram deturpar essa visão do Deus da Aliança, transformando-o num Deus mesquinho, intransigente e legalista.

    Ainda hoje, muitos têm essa visão de Deus, um Deus que provoca medo. Outros veem Deus como sendo o rei e nós os súditos, como na Idade Média. Há quem pense ainda que Deus é o sádico: que gosta de matar as criancinhas e mães de família insubstituíveis e fazer sofrer os homens e mulheres.

    Os antigos pregadores pregavam que Deus exigiu que fosse derramado até a última gota do sangue na Cruz, para assim acalmar a cólera de Deus. Enalteceram tanto o poder, a justiça, a grandeza e a magnitude de Deus que o tornaram longínquo, distante, horrível, impessoal e terrível. Conseguiram, assim, abafar totalmente sua proximidade familiar, amorosa e pessoal.

    Deus se tornou o ausente, o irresponsável que criou o mundo e depois foi descansar, deixando-o rodar à vontade. Ao final, a imagem de Deus confundiu-se com regras e prescrições, castigo e inferno.

    Contra todas essas deturpações, Jesus veio nos mostrar a verdadeira face de Deus. Deus é simples e radicalmente Pai.

    A figura do Pai destrói todos os falsos conceitos sobre Deus. Deus não é um justiceiro intransigente, porque o Pai ama gratuitamente, não se deixa guiar por nossa "justiça", porque Ele ama misericordiosamente".

    Depois dessa reflexão, retirada do livro: "Senhor, ensina-nos a rezar - Reflexões sobre o Pai-Nosso" de Lambert Noben, m.o. (da Editora Paulinas), fica-nos uma pergunta: como você vê esse Deus? Como sendo Pai, ou como sendo um justiceiro?

    A todos a Paz!!!

    NIHIL SINE DEO.

    6 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Você conhece São Gaspar Bertoni?

    Para nós católicos no Brasil, esse mês de agosto é destinado às vocações.

    Vocação não é só ser padre ou freira, é antes de mais nada assumir sua maneira de se consagrar e viver Deus.

    Nossa primeira vocação é o chamado à vida e à santidade. Deus nos convida a sermos humanos, a participar com Ele da obra da criação e de salvação. Dizia Santo Agostinho "Deus para nos criar, o fez sem nós, mas para nos salvar Deus não quis o fazer sem nós.".

    Depois vem nossa vocação específica: ao sacerdócio, à vida religiosa ou à vida leiga (a mais comum, destinada às pessoas casadas e solteiras por opção, é tão bela quanto as outras).

    Entrando agora na minha pergunta:

    Nessa semana é meditada a vocação sacerdotal. Um dos modelos de sacerdotes da Igreja é São Gaspar Bertoni (o santo de meu avatar). Ele viveu em Verona (Itália) numa época de muitos perigos para a juventude (sua maior preocupação). ele fundou a Congregação dos Estigmatinos, que hoje é destinada ao amparo educacional dos jovens, e auxílio aos bispos.

    Segue um resumo de sua vida, sei que é grande, mas àqueles que cultivam e vivem no respeito, vale a pena ler:

    Nascido em Verona, cidade do norte da Itália, em 9 de outubro de 1777, viveu em uma época em que a cidade era palco de constantes conflitos entre os franceses e austríacos, que disputavam a sua posse.

    Como conseqüência, a cidade curtia as amarguras da fome e dos desmandos da libertinagem; os feridos lotavam os hospitais, as crianças pobres não tinham escola, a juventude estava desorientada e esquecida, e até o próprio clero sofria as influências daquele ambiente nada salutar.

    Nesse contexto o jovem Gaspar cresceu, enfrentando ainda alguns dramas familiares, como a morte de sua única irmã, mais nova, a incapacidade do pai de administrar os bens da família, e por fim a separação dos pais, decidida de comum acordo entre eles.

    Por sugestão de seu pároco, da Paróquia de San Paolo, entrou para o Seminário e, em 20 de setembro de 1800, quando estava com quase 23 anos de idade, era ordenado sacerdote, ao som de tiros de canhão.

    Ainda como seminarista ele já se dedicava aos doentes, e cedo também começou o seu trabalho com a juventude, resgatando-a daquele ambiente hostil da cidade. Esse trabalho foi tão frutuoso que ele chegou a ser reconhecido como "Apóstolo dos Jovens".

    Convocado por seu bispo para resgatar a dignidade do clero, aí também realizou um excelente trabalho, a ponto de o Seminário passar a ser notado como exemplo de ordem e disciplina, e os padres e seminaristas como modelos de dedicação e serviço.

    Pe. Gaspar revelou-se, também, notável conselheiro. Pessoas dos lugares mais distantes, governantes e até seu próprio bispo procuravam-no para um aconselhamento.

    Chamado a colaborar nas missões populares na Paróquia de San Fermo, ele também foi excelente pregador, tanto que chegou a receber da Santa Sé o título de "Missionário Apostólico".

    Mas havia ainda uma grande obra para a qual Deus iria chamá-lo a realizar, e que, aos poucos, foi se delineando para ele: a fundação de uma congregação religiosa.

    Naquela época, as ordens religiosas eram perseguidas e até suprimidas. Eram proibidas reuniões ou quaisquer agrupamentos, tidos como possíveis indícios de rebeldia e oposição aos "patrões" da cidade, que se revezavam entre franceses e austríacos.

    Mas Pe. Gaspar, inspirado por uma visão diante do altar de Santo Inácio de Loyola, fundador dos jesuítas, ordem cuja supressão vigorava naquela época, passou a perceber, aos poucos, a vontade de Deus para a realização deste corajoso projeto.

    Em 4 de novembro de 1.816 ele entrou com alguns companheiros em um prédio que lhe fora destinado inicialmente a servir de escola. Esse prédio era anexo à Igreja dos Estigmas, que tinha esse nome por ser dedicada às chagas, ou estigmas, de São Francisco de Assis.

    Assim, além da escola, naquele ambiente de pobreza e penitência nascia, também, uma ordem religiosa que, após a morte de São Gaspar, recebeu o nome de "Congregação dos Sagrados Estigmas de Nosso Senhor Jesus Cristo", popularmente conhecida como "Estigmatinos".

    Inspirado no título com que fora agraciado pela Santa Sé e no reconhecimento que tinha para com a autoridade dos bispos, que são os sucessores dos apóstolos, a quem Jesus deu a missão: "Ide e ensinai" (Cf. Mt 28,19), ele assim definiu a finalidade de sua congregação: "Missionários Apostólicos em auxílio aos Bispos".

    Pe. Gaspar dedicou toda a sua vida a fazer sempre a vontade de Deus. Apoiado na oração, ele sempre conseguia perceber e tudo realizar segundo a vontade de Deus.

    Desde os seus 35 anos de idade enfrentou sérios problemas de saúde, que antes o levaram à beira da morte, e depois o mantiveram preso ao leito durante grande parte de sua vida, suportando terríveis dores e sofrimentos, mas sem que uma queixa saísse de seus lábios.

    Fez de suas enfermidades instrumentos de redenção e louvor a Deus. Chamava-as de “Escola de Deus”: são ocasiões que

    7 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Com todo o respeito, qual é sua opinião?

    Ontem, estava voltando da missa e a uma certa distância estava ouvindo o que estava sendo pregado numa Igreja Protestante Pentecostal (Deus é Amor). Uma coisa na voz do pregador me chamou a atenção (era a voz de alguém jovem, muito jovem).

    Quando passei na porta da Igreja (que fica na quadra da minha casa) vi que o pastor não tinha mais que 12 anos de idade, ou seja uma criança pregando e ensinado os fiéis, sem a presença no altar de nenhum adulto.

    Não sou contra as crianças participarem dos cultos e de reuniões religiosas, até pelo contrário, acho isso louvável, uma vez que desde cedo estamos instruindo os pequenos no caminho do bem.

    Agora dar a uma criança o microfone, e deixá-la pregar em nome de Deus?

    Há de se questionar o preparo dela, e além do mais: será que isso pode trazer só coisas boas, ou haverá influências negativas no crescimento psicológico futuro dessa criança?

    Gostaria de saber sua opinião sobre o assunto.

    Peço a todos que respondam com educação e respeito a fé alheia, pois não somos Deus para julgar ninguém.

    Fique em paz!!!

    42 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Como você ora (ou reza)?

    Muitas vezes nossas orações são cheias de palavras bonitas, carregadas de sentimentos, mas ainda sim não obtemos a resposta desejada do Criador.

    Nós religiosos, que dizemos crer em um Deus que é Amor, bondade e paciência, muitas vezes nos esquecemos que a oração deve ser um meio de mudança de vida, e não um mero relato de coisas que gostaríamos de ganhar de Deus.

    Às vezes nós somos tão insitentes que não ouvimos a voz de Deus, e somente falamos, falamos e falamos. Como resultado nossas orações se tornam maçantes, e improdutivas. Nem Deus atende nossos pedidos, nem nos mudamos.

    Como você procura rezar (ou orar)?

    Suas orações têm sido motivo de mudança de vida?

    Para você a oração é um meio de apenas obter coisas, ou é um método eficaz de estar em sintonia com Deus?

    Creio que respeito seja bom para todos, por isso conto com respostas respeitosas daqueles que se interessarem em responder.

    Fiquem todos em paz!!!

    25 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Qual o nome da música que passou no episódio de hoje de "Os Simpsons"?

    É que eu estou querendo saber o nome da música.

    O nome do episódio é "Vovô Romeu e sua Julieta".

    A música passa na hora em que o pai do Homer está com uma das gêmeas (acho que é Selma o nome).

    Se alguém souber, agradeceria.

    3 AntwortenOutros - Músicavor 1 Jahrzehnt
  • Para você o ecumenismo é uma graça ou um pecado?

    Muitas pessoas afirmam que o ecumenismo é coisa do diabo e que portanto deve ser evitado. Eles têm base em interpretações erradas e fanáticas da Bíblia (seguem essa linha muitas igrejas protestantes).

    Pessoalmente creio que o ecumenismo é muito bom para todos, afinal ele nos leva à paz e pode contribuir e muito sobre como entendemos o mundo.

    E você está disposto a levantar a bandeira da paz e da união (como fez Jesus) ou do ódio e da intolerância?

    Fique em paz!!!

    19 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • Qual o impacto que a visita de sua santidade, o papa, pode causar para a Igreja do Brasil?

    De 13 a 31 de maio ocorre em Aparecida a 5a. conferencia do celan e o papa vem ao bras.

    11 AntwortenReligião e Espiritualidadevor 1 Jahrzehnt
  • qual o radical do verbo ir?

    Considerando que o r seja desinência da forma nomial infinitiva, e que o i seria a vogal temática que indicaria sua conjugação ( a terceira, do i) o verbo ir não teria radical. Dentro da língua portuguesa isso é possivel?

    Onde está o radical de ir?

    9 AntwortenConhecimentos Geraisvor 1 Jahrzehnt